Sep 23, 2016

Pesquisa projeta o Estado do Paraná em cenário internacional

Boas Práticas de agentes públicos transformam-se em revistaO Governo do Estado, por meio da Escola de Gestão do Paraná, está lançando a primeira edição da Revista Inovação em Gestão Pública/PR, que tem o objetivo de dar visibilidade a boas práticas desenvolvidas e implantadas por agentes públicos. A revista será veiculada pelo meio eletrônico, com alguns exemplares impressos.

“Compartilhar ideias como está sendo proposto pela Escola de Gestão do Paraná, vinculada à Secretaria da Administração e da Previdência, é ampliar o sentido do serviço público, que exige que cada um seja bom naquilo que faz e, ao mesmo tempo, trabalhe em conjunto aproveitando o que de bom o outro fez”, registrou o secretário da Administração e da Previdência, Reinhold Stephanes, no editorial.

De acordo com a diretora da Escola de Gestão, Francine Lia Wosniak, “dentre as redefinições de estratégias em gestão pública encontram-se alguns dos maiores desafios da Escola de Gestão do Paraná: transformar conhecimento de servidores em conhecimento organizacional; redefinir formas de ensino-aprendizagem; estimular o trabalho colaborativo para obter soluções práticas e inovadoras; e provocar mudanças que otimizem tempo, recursos e sejam compatíveis com as diretrizes e agenda estratégica de governo".

A revista faz parte de um programa maior desenvolvido pelo Estado, com vistas à melhoria na qualidade da formação e capacitação intelectual dos servidores públicos estaduais e municipais, de um lado, e na divulgação e compartilhamento de boas práticas, de outro.

O primeiro projeto ganhou o nome de Programa de Aprendizagem para Resultados, desenvolvido com a consultoria do Instituto Publix e com financiamento do Banco Mundial. Estruturado em 11 trilhas de desenvolvimento para o aprendizado, é composto por um conjunto de cursos, seminários e workshops, elencados com base num diagnóstico de competências essenciais de gestão pública, a serem desenvolvidos na administração estadual. “As trilhas representam caminhos de aprendizagem que o servidor poderá escolher para contribuir com a melhoria de seu desempenho profissional. Foram estruturadas em áreas consideradas estratégicas à administração estadual”, disse a diretora da Escola de Gestão.

Outra vertente é o Observatório de Inovação em Gestão Pública, um espaço virtual de compartilhamento de ações, desenvolvido em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), que está disponível para acesso nos sites do governo. Nele são publicadas as boas práticas de gestão e os conhecimentos acadêmicos produzidos pelos agentes públicos, com vistas à melhoria da qualidade dos serviços prestados à sociedade.

Com o lançamento da revista, que terá periodicidade trimestral, o Governo do Estado visa à valorização do servidor que, por iniciativa própria ou estimulada, desenvolve uma boa prática e promove mudanças em seu local de trabalho. A publicação pretende que cada inovação implantada tenha o máximo de visibilidade e seja alvo de discussões, criando condições de ser replicada em outras áreas da administração. 

Você também poderá participar! Compartilhe sua iniciativa no Observatório de Inovação em Gestão Pública no Paraná.

Para acessar a Revista, CLIQUE AQUI.


video


Matéria publicada em 12/09/2016 pela Escola de Gestão do Governo do Paraná

Aug 25, 2016

Configurações e Modelo de Negócios em Governo Móvel: o uso do short message service (SMS). Configurarations and Business Model in Mobile Government: using show message service (SMS).

Compartilho o resumo da minha Tese de Doutorado


Com mais de uma década de projetos de governo móvel no Brasil e dos números da expansão dos telefones móveis em todas as camadas da população, estes dispositivos ainda não são um canal para a disponibilização em massa de serviços públicos. Apesar do relativo sucesso de algumas aplicações e dos números crescentes da telefonia móvel no Brasil, o governo móvel não evoluiu como um canal privilegiado de prestação de serviços ao cidadão. Visando averiguar a configuração de projetos mGov na prática, esta pesquisa alicerça-se na seguinte questão: como dimensões ambientais, estruturais, de liderança, estratégicas e de sustentabilidade configuram-se em modelos de negócio de mGov? O objetivo deste estudo foi investigar modelos de negócios em governo móvel sob a ótica da Teoria da Configuração. A pesquisa teve caráter qualitativo com estudo de casos múltiplos baseado na análise de vinte projetos de mGov utilizando SMS no governo do Paraná. Foram construídos os ciclos de vida dos vinte casos estudados, do nascimento à fase de sobrevivência. Foram percebidas associações entre os fatores levantados na Teoria da Configuração e as dimensões do Modelo de Negócios. No Modelo de Negócios proposto todas as nove dimensões estão presentes, no entanto algumas delas mostram-se mais presentes dependendo da fase de vida do projeto. A maior contribuição desta tese reside na proposição de um Modelo de Negócios dinâmico em governo móvel utilizando a tecnologia SMS, baseado nas fases de vida dos projetos.

After over a decade of mobile government projects in Brazil and expansion of mobile telephone numbers in all sections of the population, these devices are not yet a channel for mass delivery of public services. Despite the relative success of some growing applications and the number of mobile telephony in Brazil, mobile government did not evolved as a privileged channel for providing services to citizens. Aiming to verify the configuration of mobile government projects in practice, this research is founded on the following question: how environment, structure, leadership, strategy and sustainability configure up in mobile government business models? The aim of this study was to investigate business models for mobile government from the perspective of the Configuration Theory. This Theory was used to survey and describe the factors encompassed in five imperatives to explain the behavior of the organizations involved in this process. It was also used Business Models to describe the logic of creating, delivering and capturing value for organizations. The research has a qualitative character with multiple cases studies based on the analysis of twenty Mobile Government projects using short message service (SMS) in the government of Paraná, with content analysis and validation of data. The life cycles of the twenty cases were constructed, from birth to survival phase. Associations were noted among the factors raised in the Configuration Theory and dimensions of the Business Model. In the business model proposed all nine dimensions are present, but some of them show up more present depending on the project's stage. The major contribution of this thesis lies in the proposition of a model of dynamic Business Model in Mobile Government using SMS technology, based on the phases of the project life cycle.

Mais detalhes em 
http://www.bibliotecavirtual.celepar.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=107&tit=Tese-de-Doutorado-Beatriz-Lanza-Configuracoes-e-Modelo-de-Negocios-em-Governo-Movel-O-uso-do-Short-Message-Service-SMS-

Aug 5, 2016

Preciso dividir a alegria que não cabe em mim....PhD

CONFIGURAÇÕES E MODELO DE NEGÓCIOS EM GOVERNO MÓVEL: O USO DO SHORT MESSAGE SERVICE (SMS)
Banca: Dr. Fernando Gimenez, Dr. Ramon Gil-Garcia, Dr. Alexandre Graeml, Dra. Jane Mendes, Dra. Natália  Rese

Esta foi a minha tese de Doutorado defendida ontem com sucesso, na Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Quero agradecer à banca - Dr. Fernando Gimenes (meu orientador), Dr. J. Ramón Gil-Garcia (meu coorientador no Center for Technology in Government da State University of New York), Dr. Alexandre Graeml (UTFPR), Dr. Jane Mendes (UFPR) e Dr. Natália Rese (UFPR).

Quero agradecer a presença: Afonso Ricardo, Annie Marie Romanelli, Arno Krug, Dircema Krug, Kawana Sato, Fernanda Salvador, Leandro Bonfim, Marcos Lanza, Rosa Francisco, Tasso Lanza...

Agradecer aos que não estavam presentes fisicamente mas que estavam torcendo, enviando mensagens de boa sorte, desejando sucesso: Alexandra Cunha, Bete de João, Danilo Scarlet, Elizabete, Eloi Yamaoka, Ewaldo, Fernanda Lenzi, José Richa Filho, Luciano Minghini, Luiz Duclós, Luiz Pinheiro, Manuela Lanza, Manuella Ribeiro, Morgana Richa, Marianne Mousfi, Rodrigo Rosa, ...
Meu agradecimento ao pessoal do CTG SUNY que me enviou lindas mensagens antes, durante e depois da defesa de tese (Brian, Teresa, Paula., Meghan, Theresa Pardo, Sharon, ...)

E muito bom alcançar uma vitória como esta e ter uma legião de amigos aplaudindo o seu sucesso!!
Isto sim  é motivo para se sentir feliz...


Jul 10, 2016

mGov in India

• The number of Integrated Agencies: 2488
• The total number of Mobile Government Applications Statewide: 875
• The total number of sent SMS from Governance Agencies & Institutions: 9,60,16,37,294
• Alternative Mobile Seva Systems: SMS, USSD, IVRS, CBS, LBS and mobile applications
• The chart below shows various components on Mobile Seva || Source: www.mgov.gov.in

mGov India is invited to The World Summit on Mobile Government and Global mobileGov Awards in order to share their experiences www.m4life.org .

A Few Figures Summarising Recent Activities of mGov in India From Their Web Site
Fonte: https://www.linkedin.com/groups/2097178/2097178-6157574613770469379