Sep 4, 2012

mGov RS - cidadãos utilizam também o celular para votar no orçamento participativo

A Procergs (Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul) desenvolveu uma nova aplicação para aprimorar o sistema de orçamento participativo no Estado. Os cidadãos puderem participar do processo de votação para escolha dos projetos que serão contemplados no orçamento de 2013 também pelo celular. "O aplicativo desenvolvido pela Procergs para web mobile permitiu que os votantes escolhessem até cinco demandas por região, a partir de seu smartphone", conta o diretor-presidente da Procergs, Carlson Aquistapasse, destacando que a companhia tem investido para criar novas aplicações para serviços por meio de dispositivos móveis.

Para aparelhos mais simples, sem acesso à internet, foi criado um sistema de votação por mensagem (SMS), com os códigos dos projetos, disponibilizados também no portal. No total, mais de 1 milhão de pessoas votaram no processo de consulta popular, apontando as prioridades para o orçamento 2013. A maior parte dos votos ainda foi por meio presencial, nas urnas distribuídas em todos os municípios gaúchos. Pela internet, votaram 121,5 mil cidadãos e destes, 718 optaram pelo celular como meio de acesso. Os que votaram pelo celular foram convidados a responder, também pelo terminal móvel, a um questionário do Banco Mundial, que está preparando um paper sobre inclusão digital. Segundo o diretor-presidente da Procergs, o aplicativo permitiu a interatividade com os cidadãos.

Conexão com 10 Mbps

A infovia do governo do Rio Grande do Sul, que está sendo construída em parceria com a Eletrosul (que cede as fibras) e a Telebras (coloca os equipamentos em cima do par de fibras cedido pela empresa de energia) está em plena execução, de acordo com Aquistapasse. "Na região Sul do Estado já estamos chegando em Bagé, Pelotas e Rio Grande e nosso plano é, até o final do ano, chegar em todo o Estado", informou o executivo.Na região Sul, as unidades de governo, como Secretaria de Fazenda, Segurança Pública e Brigada Militar estão sendo interligadas na rede; e na cidade de Bagé foram interligadas as 22 escolas estaduais, com conexão a 10 Mbps, o que possibilitou a adotação do programa Um Computador por Aluno.

Para atender a região metropolitana, o acordo do governo estadual envolve também a companhia estadual de energia (CEEE). "Estamos fazendo o anel metropolitano de Porto Alegre. Já mapeamos o trajeto e vamos agora equipar a rede para suportar a  operação", informa o presidente da Procergs, acrescentando que para atender o Norte do estado a infovia sai de Porto Alegre em direção a Caxias, Passo Fundo, Santo Ângelo e São Borja. Também neste trecho será usado um cabo OPGW da Eletrosul, com equipamentos instalados pela Telebras, que cede a capacidade para o governo do Estado.