Aug 28, 2012

Aplicativo para mobile ajuda criar portal da transparência inteligente

Solução desenvolvida pelo CPqD reúne vários serviços públicos no portal da transparência

Os portais da transparência, que vêm sendo criados por prefeituras, estados e o governo federal, podem ir além da oferta de acesso a informações sobre execução orçamentária e financeira da administração pública. Eles podem servir também como meio de comunicação e de prestação de serviços inteligentes aos cidadãos,  como mostrou o CPqD em seu estande no Conip 2012 - Congresso de Informática e Inovação na Gestão Pública, realizado em São Paulo.

O Portal da Transparência Inteligente possibilita ao cidadão acessar diversos serviços públicos, em áreas como educação, saúde e administração tributária. Em educação, por exemplo, o cidadão pode conhecer a melhor escola para matricular seu filho - com sua localização mostrada no mapa virtual da cidade -, saber quantas vagas ela oferece, a sua posição no ranking de qualidade e, ainda, fazer a reserva de matrícula.

De acordo com Renato Stucchi, gerente de Gestão Pública do CPqD, para construir esse portal foram utilizadas várias ferramentas e produtos já disponíveis no portfólio do CPqD. Uma delas é o CPqD Mobile, solução que permite integrar serviços dispersos em lugares distintos - na intranet, em websites ou até mesmo em redes sociais - e apresentá-los na tela de dispositivos móveis (smartphone ou tablet), utilizando um único aplicativo instalado no aparelho.

Com uma navegação simples e amigável, o aplicativo do CPqD Mobile vai buscando - e exibindo - os serviços solicitados pelo usuário, sem que ele tenha que sair de uma aplicação para outra. Por exemplo: um turista que acaba de chegar a uma cidade pode usar seu smartphone para consultar a agenda cultural e de eventos, visualizar no mapa do município a localização de um teatro e até comprar pela internet os ingressos para o espetáculo que deseja assistir. O aplicativo utilizado para o acesso a esses serviços pode ser instalado remotamente por qualquer smartphone ou tablet do mercado, com diferentes versões de sistema operacional (Android, iPhone, BlackBerry, JavaMe).

Outra solução utilizada no portal é o CPqD Voice Anywhere, que transforma qualquer mensagem de texto em voz e dispara automaticamente ligações telefônicas, com síntese de fala natural, para os cidadãos e usuários de serviços públicos em geral. Permite implantar aplicações como o Boletim Falado - pela qual os pais podem receber no telefone (fixo ou celular) as informações do boletim escolar dos seus filhos - e a confirmação ou reagendamento de consultas médicas na rede de saúde. Com isso, a administração pública pode reduzir o absenteísmo e melhorar o relacionamento com o cidadão - especialmente as pessoas que moram em áreas distantes, com baixo letramento ou deficiências visuais.

O CPqD também mostrou no Conip o Videoideias, ferramenta de apoio pedagógico que permite utilizar conteúdos multimídia personalizados em sala de aula, com acesso via internet. Voltada para o ensino fundamental, é constituída de dois módulos: Videoideias na Classe, destinado à exibição dos conteúdos e acesso a atividades interativas em sala de aula, e Videoideias Web, para o professor criar seus planos de aula, selecionando e relacionando os conteúdos multimídia que pretende utilizar em cada uma delas.