Nov 7, 2012

XVII CLAD em Cartagena das Índias - Colômbia

Registrando alguns pontos importantes sobre a participação do Paraná neste importante e tradicional evento internacional na área de Gestão Pública.


Bia Lanza durante a Abertura XVII CLAD

O Congresso Internacional do CLAD, realizado anualmente, é considerado o encontro mais importante da América Latina para apresentar e discutir experiências e pesquisas feitas sobre a Reforma do Estado e da Administração Pública. Nesta edição participou  ministros, senadores, deputados e secretários de estado, responsáveis de políticas públicas, pesquisadores, acadêmicos, instituições especializadas, consultores e funcionários públicos. Foram apresentados 120 paineis, estiveram presentes representantes de 22 países, com apresentações simultâneas em 9 salas.

Seus objetivos foram promover o intercâmbio de experiências, pesquisas, estudos e publicações sobre as principais dimensões do processo de renovação da reforma do Estado e modernização da administração e gestão dos assuntos públicos nos países da América Latina e no Caribe, bem como outros países cujas experiências provar relevante para a região a contribuir para o avanço do conhecimento nestes assuntos.
Durante a coordenação do painel, com João Batista (SLTI/MP) e Clarice Ferreira do Governo de Minas Gerais
O Brasil foi dos copatrocinadores do evento, por isso a participação brasileira foi expressiva. O Ministério do Planejamento estava bem representados. Além de apresentar seus projetos, também coordenou vários paineis. Inclusive, em um deles,  o Governo do Paraná fez a coordenação da mesa.
Com Corinto Meffe (Diretor integração SI) e João Batista (diretor eGov) do Ministério do Planejamento
Sobre a apresentação do projeto “A história do Governo Móvel do Estado do Paraná”, artigo confeccionado por mim em coautoria com Maria Alexandra da PUCPR e  Danilo Scalet, Diretor de Tenologia da Informação e Comunicação desta companhia, onde foi apresentado seus principais eventos, tomadas de decisão, mudança política, relacionamento entre atores. Mostramos que desde o ano 2000, quando o número da telefonia móvel não era expressivo, o governo do Estado do Paraná introduziu o telefone celular como canal de prestação de serviços ao cidadão. À época da sua criação, considerado um projeto inovador, premiado, e continua sendo referência para governos no Brasil. Foi mostrado também onde e como estamos com o projeto de Governo Móvel no Paraná, destacando o portal móvel m.pr.gov.br e a Rede Executiva. Enfim,  foram apontadas as contribuições do estudo no sentido de  compartilhar e  ampliar o conhecimento sobre a aplicação de tecnologias móveis em governo.

Com o Senador Salvador Vegas Casillas , do México   
O nosso projeto foi apresentado na grande área denominada “Perspectivas, desafíos e innovaciones em la gestión pública”, no painel “Governo e Governança eletrônica móvel no Brasil: iniciativas e resultados dessa nova interação entre governo e sociedade”, traduzido simultaneamente para espanhol e inglês. Painel este, coordenado pelo Governo do Paraná, à convite do Ministério do Planejamento. Este convite, segundo o próprio Ministério,  de deu  pelo perfil, experiência e expertize apresentados pela representante do Governo do Paraná. Neste painel, foi apresentado as principais experiências brasileiras, a experiência do Estado do Paraná e a de Minas Gerais.