Dec 12, 2012

Programa Ginga vai difundir serviços de governo eletrônico

A partir de janeiro de 2013, 75% dos televisores digitais produzidos no Brasil vão sair de fábrica com o Ginga, o middleware que permite a interatividade na TV Digital. Para estimular a cadeia produtiva dos aplicativos, que vão permitir o acesso a uma série de serviços diretamente pela TV, o Ministério das Comunicações (MiniCom) prevê um investimento de R$ 5 milhões em ações de capacitação de profissionais, criação e difusão de aplicativos de interatividade e de infraestrutura para o compartilhamento desse conteúdo.

Por meio de parceria da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e o apoio da Universidade Federal da Paraíba e da PUC do Rio de Janeiro, serão capacitados 40 profissionais de TVs públicas no desenvolvimento e transmissão dos aplicativos. Serão criados 10 laboratórios de testes, um repositório para armazenar a produção de aplicativos do Ginga e uma rede de distribuição e compartilhamento do conteúdo da TV Digital entre as emissoras.

Para o secretário-executivo do MiniCom, Cezar Alvarez, o programa vai difundir os serviços interativos de e-gov para levar ao cidadão diversos serviços públicos, como serviços de trânsito, informações de saúde e de diferentes ministérios.

Todas essas ações serão desenvolvidas pela RNP, com o suporte das universidades. O Minicom também vai promover uma seleção entre as emissoras públicas para escolher as participantes do programa.

Outras informações: www.mc.gov.br

Fonte: SECOM