Jan 31, 2014

Chega de perder o bonde! Don't miss the train!

Confira as cidades brasileiras que possuem aplicativos de itinerários de ônibus - Check out the Brazilian cities that have bus routes Apps

APLICATIVOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS SÃO UMA NOVA
FORMA DE SE CONSTRUIR CIDADES DIGITAIS. (FOTO: GOOGLE)
Quando falamos em cidade digital, estamos falando, principalmente, em integração. A união de serviços, ferramentas e planejamento indica o quanto um município está preparado para lidar com as necessidades da população e os desafios de uma gestão pública. Em termos de instrumentos, aplicativos para dispositivos móveis podem ser grandes auxiliadores para suprir certas demandas, e a mobilidade urbana é uma das áreas que podem ser beneficiadas. 
À medida que o número de smartphones e tablets vai aumentando, cresce o desenvolvimento de aplicativos gratuitos de utilidade pública, e no caso da mobilidade, os apps de itinerários de ônibus e metrôs. Basicamente eles servem como uma tabela de horários, as quais mostram o tempo de cada linha em determinados pontos e terminais. Alguns vão além, no caso do Moovitque exibe as melhores rotas para a viagem, baseado em informações coletadas em tempo real.
Já com o google maps, por exemplo, moradores de Brasília, Campinas, Fortaleza, Porto Alegre, Salvador e Curitiba, e que utilizam android, também podem utilizar o serviço google transit, que auxilia os usuários a obterem melhores itinerários para um determinado trajeto baseado em informações pré-definidas pelos órgãos públicos responsáveis pelo transporte urbano. A google pretende disponibilizar o recurso para todas as cidades-sede da Copa do Mundo 2014 até a data do torneio, para que, além dos habitantes, turistas também possam utilizar a ferramenta.
Porém, esses aplicativos só são possíveis de serem desenvolvidos, na maioria das vezes, com a união entre o poder público e iniciativa privada. É natural que empresas ou programadores independentes das próprias cidades desenvolvam esses tipos de apps, os quais, para a sua criação, dependem de informações e bancos de dados das companhias de transporte – uma vez que os horários e linhas estão em constante mudança, e os aplicativos precisam de atualização frequente.  
A seguir, uma lista de cidades que já possuem esses tipos de aplicativos. Para baixá-los, é necessário possuir um smartphone ou tablet com sistema operacional android, ter uma conta google (gmail) para acessá-los no google play, central de apps da empresa, e estar conectado na internet por meio de Wi-Fi ou 3G/4G. A maioria dos aplicativos funcionam off-line, não precisando estar toda hora conectado à internet. 
Por Edelson Werlish