Sep 7, 2014

Metade dos internautas brasileiros que experimentam m-banking preferem acesso móvel. Half of Brazilian Internet users who experience m-banking prefer mobile access.

Pouco a pouco, o acesso bancário via celular vai ganhando a preferência do brasileiro. Atualmente, 72,8% dos internautas brasileiros com conta bancária acessam seu banco pelo desktop e, destes, 55% também acessam pelo celular. No grupo que usa os dois canais, 49,5% dizem que utilizam com mais frequência o site do banco no desktop; 47,3%, o aplicativo móvel do banco; e 3,2%, o site do banco no celular. Se somados app e site móveis, o acesso em mobilidade está tecnicamente empatado com aquele via desktop, considerando a margem de erro do estudo em questão. Os números fazem parte de pesquisa realizada em agosto pela Opinion Box, em parceria com MOBILE TIME, com 1.017 internautas brasileiros que possuem conta bancária, respeitando as proporções da população brasileira por faixa etária, renda, gênero e região do País.

Para aqueles que preferem acessar pelo app móvel, foi perguntado quais seriam as principais razões para isso. O resultado mostra que praticidade, rapidez e facilidade são os pontos fortes do acesso móvel. 93,3% disseram que preferem o app porque "é mais prático"; 72%, porque "é mais rápido"; 49,2%, porque "é mais fácil"; 21,8%, porque "é mais seguro"; e 5,2%, por outras razões. Era permitido dar mais de uma resposta.

E se engana quem pensa que o acesso móvel acontece mais na rua. Pelo contrário: na pesquisa, 86,6% dos que usam mobile banking disseram que acessam em casa; 69,6%, no trabalho; 46%, na rua; e 2,2%, em outros lugares. Ou seja, mesmo em ambientes onde normalmente há disponibilidade de um computador, quem experimenta mobile banking prefere o acesso móvel.

A pesquisa detalhou também o uso de três canais móveis distintos: app para smartphone, site móvel do banco e SMS. O primeiro é o mais popular entre internautas brasileiros: 82,3% dos usuários de mobile banking disseram acessar via app; 34,6%, via site móvel; e 10,1%, por SMS. Novamente, era permitido dar mais de uma resposta.

Operações mais comuns
Entre os internautas brasileiros que usam mobile banking, 99,4% disseram já ter realizado alguma consulta de saldo ou extrato pelo celular. 66,3% já pagaram contas por esse canal; 54,9% realizaram transferências; e 13,4%, investimentos. Outros resultados da pesquisa serão divulgados nos próximos dias neste noticiário.

Análise
Pesa a favor do mobile banking a facilidade de pagamento de contas com o uso da câmera do celular para a leitura de códigos de barra. Quem já experimentou essa funcionalidade sabe como é mais rápido e prático pagar uma conta pelo celular em vez do desktop. O acesso em computadores também tem como desvantagem a frequente necessidade de atualização de plug-ins de segurança, enquanto no celular as atualizações dos aplicativos são feitas automaticamente pelo sistema operacional.

A Febraban, assim como alguns bancos individualmente, divulgaram este ano números que revelam o crescimento do uso de mobile banking.